sábado, 10 de janeiro de 2009

Vamos abrir as portas da esperança

Meu tio mandou uma carta para o Silvio Santos, pedindo uma camâra. Foi atendido. Em certo domingo, lá estava ele encontrando seu sonho no momento em que "a porta da esperança" se abria.

Hoje, numa tacada só, vi uma retrospectiva desses mais de dez anos de gravações, feitas com aquela mesma câmara. E...

Vou encerrar o texto aqui, pois o que viria depois dessa introdução certamente seria um discurso muito próximo da auto-ajuda.

Felicidades eternas e, nos vemos.

Um comentário:

brunosini disse...

Intrigadíssimo para saber o que vem depois daquele "E...".